Balada da dependência sexual

[odeo=http://www.odeo.com/audio/14338563/view]

Bertolt Brecht e Kurt Weill
Versão: Luiz Roberto Galizia

Aqui está quem é o maior demônio
Ele é o lobo e os outros são cordeiros
Um gigolô, o mais audaz bandido
Será vencido pela prostituta.

Assim que amanheça cairá
É isto a dependência sexual
Deboxa da escritura
E da legislação
Se considera o mais espertalhão
Mas se passar uma mulher, azar
Fica perdido de paixão.

Não pode evitar o seu destino
E pro bordel vai como um bom menino

O Mac é nosso, é a natureza humana
Mesmo os heróis não largam das mulheres
Os que tentaram não o conseguiram
Pois quem não gosta de uma boceta!

De nossas garras não escapará
É isto a dependência sexual
Recita a Bíblia toda
As leis sabe de cor
E é o mais fervoroso dos fiéis
Jejua para o corpo castigar
Mas não adianta se enganar

Não pode evitar seu desatino
E pro bordel vai como um bom menino

O Mac está pra ser executado
O óleo ardente espera borbulhante
Uma armadilha foi pra ele armada
Mas ele só faz pensar nas mulheres
Talvez na forca então descobrirá
Que é isto a dependência sexual

Seu corpo foi vendido, não escapará
Um Judas feminino o traiu
E agora ele começa a compreender
O amor pra cova o levou

Não pôde evitar o seu destino
E pro bordel foi como um bom menino.


Uma resposta to “Balada da dependência sexual”

  1. Maravilha…. estou louco para ouvir… mas cadê? Clico no título, mas não ouço nada…. será que está tão baixo pra polícia não me pegar que nem consigo escutar?
    Beijos de um dos seus filhões!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: