Canção da Brisa

[odeo=http://www.odeo.com/audio/14338623/view]

Bertolt Brecht e Hans Eisler
Versão: Tatiana Belinky

para Sérgio Sálvia

Vem, aconchega-te a mim
Meu hóspede amado
Mas ao me abraçar assim
Não sejas apressado

Mira-te nestas ameixas
Maduras, outonais
Só querem leve brisa, pois
Têm medo aos temporais

Um vento pequenino só
Da brisa o acalento
A ameixa quer sair do pé
Deitar no chão rolando.

REFRÃO

Tu, ceifador detém a mão
A haste poupa e o vinho
não sorvas de um só trago e não
me beijes em caminho

REFRÃO

violão: Alessandro Penezzi 

Anúncios

5 Respostas to “Canção da Brisa”

  1. E ai Alice, blz? Não consigo escutar as músicas do seu blog. Fica carregando mas não toca.
    Abraço

  2. Oi Leonardo
    Será que há algum problema em seu programa?
    Se qualquer modo, tente ouvir na Rádio Pantera, do lado direito da tela principal.
    Beijos
    Maria Alice

  3. Dei-lhe um beijo nas retretes-mulheres-que servia de camarim, em Viana do Castelo. 79 ou 80, eu minhoto saltava de terra em terra de melgaço a paris de braga,lisboa a viana do castelo.Terra linda, terra do lethes lhe chamaram os romanos. Passar o rio era esquecer. No café,azáfama fora do normal. Um piano, a máquina de tirar café e a boca “uma gaja brasileira” vai cantar.Maria alice vergueiro nada me dizia, mas brecht…Cheguei tarde, à minha hora normal, casa cheia, tomei café e …faz favor, 3 cervejas. os companheiros de ocasião olharam de lado, as luzes apagaram-se e quando voltaram a acender só vi um ombro branco, um pedaço de tecido negro e sobre um seio roseo uma rosa vermelha. e como ela gozou com os rapazes de casaco azul sentados na primeira fila a beber o sumo de larnja, lhes atirou à cara que eram uns tótós e só estavam ali para ver a mulher. E eu a beber a cerveja, a recordar Mãe Coragem, a desatinar com a maria alice porque tinha chegado ao fim. Levantei-me, entrei pelo meio de todos e dei um beijo numa revolução. Horas depois, enregelado, tentei dormir.tenho um blogue – foz do rio trancoso 42º 9′ 15”

  4. Olá!

    Eu sou estudante da Literatura dramatica e Teatro da UNAM, no Mexico. Estamos, dois colegas e eu, fazendo un trabalho na escola, do Teatro Iberoamericano e nescesitamos informacao do TEATRO DO ORNITORRINCO. Nos gustariamos que você, si pode, porfavor, denos informacao sobre vocês.

    Muita obrigada e parabéns!!

    Ana Belén Ortiz, estudante e atriz.

  5. Que lindo seu livro. Adorei. Sucesso pra voce.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: